CAMISINHA FEMININA

Método de Barreira

Camisinha feminina é uma película colocada dentro da vagina antes da relação sexual.

CAMISINHA
FEMININA

Método de Barreira

Camisinha feminina é uma película colocada dentro da vagina antes da relação sexual.

REGIME

TODA
VEZ

CARACTERÍSTICAS

Proteção contra ISTs

Livre de hormônios

Baixo custo

 

    UM NOVO TOQUE EM UM CLÁSSICO

    O preservativo masculino pode até ser o mais conhecido de todos os métodos contraceptivos, mas sem querer ficar para trás, as mulheres também têm o seu. A funcionalidade simples do tipo "basta colocar por cima" do preservativo masculino é compensada pela técnica "basta colocar dentro" do preservativo feminino e os resultados são idênticos. Não importa quem esteja usando o preservativo; existe uma camisinha de poliuretano fina e lubrificada, que cria uma barreira entre de onde vem o esperma e para onde ele quer ir. O mais importante é você usar preservativo toda vez que fizer sexo.

    Camisinha Feminina - Método de Barreira
    Como usar a Camisinha Feminina

    COMO FUNCIONA

    Como dissemos acima, os preservativos masculinos e os femininos funcionam exatamente da mesma forma, sendo a única diferença quem está colocando-o por cima ou dentro. Coloque o preservativo feminino na vagina logo antes de fazer sexo. Pegue-o e veja onde está o anel da extremidade fechada que mantém o preservativo feminino no lugar. Aperte este anel flexível e insira o preservativo como se fosse um absorvente interno, o máximo que puder até atingir o colo uterino. A extremidade fechada do preservativo feminino recobre o colo uterino e a extremidade aberta deve ficar para fora da vagina cerca de 3 cm. Quando terminar, basta segurar a extremidade aberta, gire para fechar, puxe para fora devagar, tomando cuidado para não derramar nada. Utilize o preservativo uma única vez e depois jogue-o fora.

    VANTAGENS E DESVANTAGENS

    • Pode ser usado na hora que precisar
    • Pode ser facilmente carregado com você
    • Não é afetado por outras medicações
    • Pode ser usado durante amamentação
    • Livre de hormônios
    • Protege contra infecções sexualmente transmissíveis (ISTs)
    • Interrompe o sexo
    • O uso pode exigir prática
    • Não tão eficaz como os preservativos masculinos de látex
    • Pode rasgar se não for corretamente utilizado
    • Pode causar irritação ou reações alérgicas

    APRENDA A FALAR SOBRE ISSO COM:

    Profissionais da Área da Saúde

    Profissionais da Área da Saúde

    Os profissionais da área da saúde conhecem o assunto melhor do que ninguém; obtenha as respostas certas para você

    Seus Pais

    Seus Pais

    Eles conhecem você melhor do que ninguém e já passaram por isso também

    Seu Parceiro

    Seu Parceiro

    Vocês estão nessa juntos e não apenas durante a relação sexual

    PERGUNTAS FREQUENTES

     

      O preservativo feminino é mais uma opção para se proteger contra infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), HIV e gravidez não planejada. Não é indicado como substituto do preservativo masculino, mas sim como uma outra opção para homens e mulheres.

      O preservativo feminino é semelhante ao masculino em termos de comprimento. Mas é mais largo do que o masculino, pois depois de inserido, ele cobre as paredes da vagina, permitindo o movimento do pênis dentro da película. Ele também confere proteção extra, cobrindo parte da genitália feminina externa e a base do pênis.

      O preservativo feminino não interfere na menstruação, podendo, portanto, ser utilizado durante o seu período. Porém, a camisinha feminina só deve ser colocada logo antes da relação sexual e tirada logo depois.

      Você pode usar o preservativo feminino quando estiver grávida, pois ele não se move para fora do colo uterino. Você também pode usar a camisinha feminina logo após o parto.

      O preservativo feminino pode ser inserido antes da relação sexual e não precisa ser retirado imediatamente depois.

      O preservativo feminino cobre o colo do útero. O diâmetro da abertura do colo uterino é de 1 mm a 3 mm, de modo que é impossível a camisinha feminina desaparecer dentro do seu corpo.

      Não, pois o atrito causado pelos dois preservativos pode causar rasgos em um ou em ambos. Além disso, usar um preservativo (masculino ou feminino) confere proteção igual a ambos os parceiros.

      Não, não é aconselhável a reutilização de nenhum preservativo - masculino ou feminino. Deve-se usar uma nova camisinha em cada ato sexual.